Livro: Formação, Trabalho, Sociedade e Conhecimento



O que fazer quando o título do livro não diz nada? E quando a quarta-capa não acrescenta nenhuma informação? E se a introdução parecer escrita em grego? Pois é... Também tentei uma entrevista com a autora, mas o livro Formação, Trabalho, Sociedade e Conhecimento - A escuta de conceitos enredados no cotidiano do sujeito permanece um mistério até hoje.

Tentei imaginar algo sem nenhuma ligação com símbolo algum. Sem ilustrações na capa e sem nenhuma referência a nada. Também achei que seria uma boa oportunidade de testar uma coisa que estava pensando a algum tempo: simular tecido costurado numa capa. O resultado ficou muito grosseiro e o couro não pareceu couro. Então mudei o material e a cor.



O dorso de couro na capa azul ficou muito melhor que a capa de couro com o dorso de tecido da vermelha. O detalhe da costura feita em Photoshop:


Fiz um miolo todo condizente com a seriedade e o classicismo que essa capa evocam, utilizando símbolos antigos, conforme pode ser visto abaixo.

Esse separador foi colocado manualmente em TODAS as notas de rodapé.


Meus superiores acharam que a capa estava muito simples. Sim, estava simples, mas era um projeto todo amarrado, sem pontas soltas. Quiseram que eu fizesse uma nova capa, mais moderna.
Fiz alguns estudos de cores e opções que dessem a ideia de construção, desafio e modernidade. A capa a seguir foi a melhor nessa linha.



Se a capa precisava ser mais moderna, por mim seria essa com o céu azul ao fundo. Mas todas essas nem foram mostradas às autoras por que meus superiores não as acharam boas o suficiente.

Tentei. Juro que tentei entender, mas depois de não conseguir, pedi à autora que me dissesse o que esperava da capa. A declaração dela foi esclarecedora: "Ah, gosto de uma capa branca, com nome do livro em preto. E coloca umas coisas vermelhas, amarelas e azuis". E assim nasceu a capa desse livro, sem uma boa justificativa. Apenas mais uma capa pra cobrir um livro. E tenho que te dizer: não gosto.





E então, o que você achou?

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

1 comentários:

  1. Gabriel!! rsrs
    Conheço a autora...rsrrsrsrs
    A sua declaração procede..
    Trabalhando cm educação, na minha opnião a capa que se aproxima com espaço para reflexão..é a com os tijolinhos...faz pensar..no conteúdo do livro..penso que a capa pode representar o todo..mass..se n pode tem que se aproximar o máximo.. Bem, essa arte ta linda.. mas como tudo naquela faculdade é meio desconexo.. entendo o resultado do seu trabalho!! Maaas taaaa lindo messmo!

    ResponderExcluir