Teatro-Educação: uma experiência com jovens cegos



Um colega havia feito uma capa para o livro Teatro-Educação, mas o autor não se agradou muito. Ele queria que a capa não tivesse ícones que lembrassem a questão da cegueira. Então, coisas como braille já estavam abolidas desde o princípio.

Quando fiz uma opção mais juvenil, o autor a achou muito infantil. Então olhei alguns exemplos de livros sérios (da área de direito, pra ser mais específico) e usei uma textura de concreto (não dá pra ser mais sério que isso).
O autor amou a capa! Essa semana trouxe meu exemplar pra casa e, finalmente, pude tirar umas fotos dele com minha nova câmera. Somente esqueci de tirar foto do marca-páginas... Se lembrar, atualizo esse post.
Dá uma olhada na capa:






O que você achou?

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

0 comentários:

Postar um comentário