Preconceito


Conheço gays que não gostam de boates,
tatuados que não curtem barzinhos,
fumantes que não vão ao cinema,
bebedores de cerveja que não fumam,
fumantes que não bebem,
e até nerds que não vão à praia.

Todos tem pensamento próprio.
Menos eu.
Porque sou crente.
Todos pensam inteligentemente.
Menos eu.
Porque sou crente.

Pra todos sou fanático religioso
por não querer ir ao barzinho,
por não gostar de uma boate,
por não sentir vontade alguma
de fumar ou de beber.
Pensam que Jesus me aprisiona
numa vida insossa, sem prazer,
que morro de vontade, mas não faço
mesmo querendo fazer.

Mas eu não vou por que não quero!
Sabe o que Deus me deu?

Sabedoria pra escolher,
força para não ser escravo
dos mesmos vícios de vocês,
liberdade pra fazer o que quiser...
E que bom que não quero
o teu querer autodestrutivo,
criador de males e arrependimentos,
profanador do bem-estar do dia-seguinte,
que te atormenta com enjoo e ressaca.

Sou eu o fanático?
Ou você, escravo de si mesmo?


"O escravo do prazer acredita que todos que não fazem o que ele faz são aprisionados. Olha tanto para os outros, querendo difamá-los, que não percebe que as cadeias estão em seus próprios braços."




COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

6 comentários:

  1. Caro amigo pequeno urso, quando o porquê for resposta, ele deve vir junto e não separado, assim "porque"... Seu crente burro.
    ra;~eoreroaeireriaoeriaoeriaoeir
    Zueira a parte.
    Adorei os versinhos, bem meigo, bem gay que não gosta de boate.
    A citação final é excelente, é de E.W (código crente)?

    Gostei mesmo, quando digo que não bebo, e ouço o seguinte: ahhhh, porque é crente, né?
    Eu falo: Não, porque não gosto do cheiro, sou vomitofóbico e sou apaixonado pelo auto-controle, no mais o gosto é horrível.
    Sempre ficam me olhando com um olhar do tipo: crente safado, o capeta te espera.
    Os não crentes (do qual criei um termo novo, capetófilos, gostou né? muito melhor do que aquele termo chulo "do mundo", me dá uma raiva), continuando, os capetófilos EXIGEM que eu responda algo do tipo: "NÃO BEBO PORQUE SOU CRENTE E MEU PASTOR PODE PASSAR E ME VER, JESUS TE AMA!!! OH GLÓRIA"
    Pois é, é tão difícil ser inteligente, amar a Deus de todo o coração e descolado ao mesmo tempo, mas a gente tá na luta, de vez em quando até me chamam pra sair!!! ra~eoraeoiraori
    Grande abraço, meu grande amigo, depois te explico porque não fui te ver sábado de tarde, e daqui a pouco eu to indo pra SSA de novo, acredito.

    ResponderExcluir
  2. Consertei o "por que".
    A citação é minha! Eu sou o autor da frase.

    Eles realmente esperam ouvir isso de nós e quando não dizemos dá pra perceber aquelas palavras não ditas, pensamentos que afirmam "crente mentiroso, tá morrendo de vontade de ir pra balada e fica inventando mentira de que não quer ir"!

    Espero que você venha logo...
    PS.: Já desistiram de me chamar pra sair. hehehe

    ResponderExcluir
  3. Também já desistiram de me chamar pra sair... Eu nunca gostei de beber, nem quando era capetófila (oh yeah), nem agora que sou crente. Hoje em dia morro de medo de dizer que não gosto de beber, por que tenho medo de pensarem que é Jesus quem me limita. Acontece que Jesus não limita, Ele cura e faz a gente se livrar das prisões do vício e da fuga.
    Adorei o texto. Eu nunca tinha pensado no começo dele, e é a pura verdade. O que a gente ouve não passa de preconceito. Mas que bom que o preconceito contra o crente ainda não é contra lei. Sinal de que Jesus não mudou de ideia quanto a vir nos buscar >-<
    Além do mais, beber é uma fuga. É claro que se você vive fugindo das coisas e vê alguém tranquilo e em paz, que não foge de nada, você vai ficar abalado. Mas pra alguém encarar esse abalo tem que parar de fugir. Ciclo vicioso.

    PS.: ri muito do post do Felipe aesauiehasuiehas

    Beeeijos :*

    ResponderExcluir
  4. É bem por aí mesmo!!! As pessoas falam tanto de homofobia, e outras fobias... E nem ligam para esse tipo de preconceito que você abordou no texto. Isso passa despercebido pelas pessoas, ah interessante quando tu falas :
    " Sabedoria pra escolher,
    força para não ser escravo
    dos mesmos vícios de vocês,
    liberdade pra fazer o que quiser".

    Somos mais livres do que aqueles que vivem falando de uma falsa liberdade, de uma liberdade que causa sofrimento... A liberdade que o Senhor nos oferece proporciona vida, felicidade.. Não somos enjaulados feito criaturas selvagens, somos livres para amar, livres pra sonhar.

    Já me convidaram várias vezes pra sair, eu digo que não... E as pessoas sempre aparecem com o papo: "Fala com teu pastor, não tem nada. Tu não precisas beber e nem dançar". As pessoas pensam que é só falar com o pastor pra receber uma licença pra pecar... Ahaha, sempre tem alguém pra dizer: " o crentinho que não se diverte" e blá blá blá. Jesus oferece a real felicidade, Ele é tudo!!

    Eu ri do comentário de Felipe hehehe!

    ResponderExcluir