Um conselho sobre o amor.

 Tantas vezes poetizado, muitas vezes tido como impossível, desacreditado pela maioria das pessoas... O amor é e sempre será objeto de contemplação da humanidade, seja por meio de músicas, poemas, filmes ou novelas.

Incrivelmente, mesmo vivendo em uma época onde parece que o amor está presente em tudo e age como motivação para as atitudes, é interessante ver como o homem está cada vez mais distante um do outro, mais individualista. Egoísta mesmo.

A pergunta certa a ser feita é: o homem sabe o que realmente é o amor? Por tanto tempo temos confundido paixão, desejos sensuais e jogo de sedução com o puro, verdadeiro e indomável amor!
Sem dúvida, a melhor definição de amor é aquela bíblica, de I Coríntios 13, onde todas as características citadas levam a pensar no altruísmo e não naquele modo de paixão mórbido que o mundo declara ser o melhor, onde as pessoas só se desejam e desejam usar os outros para sua própria satisfação.

O amor é, acima de tudo, o desejo extremo de fazer o outro feliz. Sem essa concepção posta em prática, nada que for feito se assemelhará ao amor. Não adianta querer ser uma só carne com outra pessoa se você só deseja usá-la. O desejo mútuo de fazer o outro feliz é a coisa mais sublime que pode brotar no coração humano, sendo completamente antinatural e inteiramente inexplicável. Literalmente DIVINO.

A maior prova de que uma vida valeu a pena é, ao olhar pra trás, perceber que você amou. Amar vale a pena ainda que haja muito medo de se magoar. Quer ser feliz no amor? Quer uma dica verdadeira? Dê o seu melhor. Simplesmente entregue-se por completo, sem medo de não ser correspondido, sem medo de ser o único a amar verdadeiramente! Sabe por que? Por que vale a pena! Ainda que não dê certo, você vai ter a mais plena certeza de que fez todo o possível pra que desse certo. Nada é mais angustiante que a dúvida de não saber se a culpa foi sua. Quando você dá seu melhor, a culpa nunca será sua. Não deixe de amar. Não desacredite no amor.

Uma vida sem amor é uma vida em branco. Compartilhar seus momentos com alguém e ter com quem contar a todo instante, relembrando os momentos de anos passados é uma das maiores bênçãos que Deus concedeu à humanidade.

De uma coisa tenho certeza... Em tudo que vivi, posso dizer, como no texto bíblico: “se não tiver amor, nada serei.”



Uma vida sem amor é somente um hiato entre o vazio e a eternidade.

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

1 comentários: