Por que é tão fácil esquecermos de Deus?



De vez em quando me pego pensando: 
Por que é tão fácil esquecermos de Deus?


     Olhando ao redor, pra todas as coisas que o mundo tem a nos oferecer, podemos concluir sem medo de errar, que nada, absolutamente nada MESMO pode ser mais valioso para nossa existência do que uma vida ao lado de Deus. Por que, então corremos atrás de tantas coisas passageiras?


     A única explicação lógica é que nos dizemos cristãos mas não conhecemos a Cristo. Fingimos passar tempo com Ele durante a semana (ou apenas aos sábados), enquanto estamos, na verdade, apenas tentando fazer calar a voz da consciência com aqueles poucos minutos de uma leitura descuidada e uma oração cheia de pressa, por concorrer com o sono.


     Se dizer cristão nos dias de hoje é ser POP. Colocamos uma camisa com o nome de Cristo, enquanto Ele nada mais é, para nós, do que uma bela estampa de camisa. Postamos uma frase temática cristã no twitter e pensamos que garantimos nossa salvação dessa forma.


     O verdadeiro cristianismo está se perdendo em meio às músicas seculares que trouxemos para dentro da Casa de Deus. Diluímos a mensagem e esperamos por poder. Não nos relacionamos com Cristo, mas queremos todo o benefício de ser Seus filhos.


     Se temos que nos perguntar de quem é a culpa? SIM! Mas não precisa ir longe para encontrar o culpado. Somos eu e você. E sabemos exatamente qual é a solução: É deixar de nos fingirmos de cristãos; sermos verdadeiramente transformados pelo Espírito de Deus e buscá-Lo com todas as forças de nossa alma, como se a nossa vida dependesse disso.


E realmente não depende?
Não só essa vida, mas a Eternidade.


     Vamos aprender a confiar em Deus. Só podemos confiar em quem conhecemos. Só podemos lembrar do que nos é relevante. Você quer nunca mais esquecer de Jesus? Se tivermos fome e sede de Sua Palavra, se formos peregrinos e forasteiros neste mundo, rumo à Nova Jerusalém, certamente não poderemos esquecer nem um instante sequer.


     Uma saudade me consome o coração, saudade de Casa, do Lar Eterno, de abraçar meu Salvador, como se muitas vezes já o houvesse feito.


Você quer se sentir assim, também?
Tente, você pode!







E lembre-se: "Quem não tem tempo para Deus, tem o melhor Pai do mundo e vive como se fosse órfão".







COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

0 comentários:

Postar um comentário