Pickup in Drag

Olá amados amiguinhos! (Eu te amo, você me ama!...)

Quem anda ou andava comigo nessa época certamente lembrará desse desenho (vamos, galerinha... não me desaponte! :D~) . Foi feito na aula de Economia, uma daquelas que a gente entra sem saber por que e sai sem entender "o que se pasó" (mierdaaaaa, lo Brasil gritó que mierdaaa! hahahaha).
Desculpa os devaneios. Tô com dor na coluna, feliz por ter finalizado o desenho, e me sentindo estranho.

Então, o dito cujo feito durante a aula foi esse aqui:
(é capaz de até já estar no blog, não sei)



Então... a novidade é que, embora tenha dito que quase nunca pego os meus desenhos depois de os rabiscar e nunca os finalizo, fiz isso com esse. Pelo menos como tinha feito com o outro, do homem pulando, o "Freedom". O massa é que eu olhei pro desenho, o desenho olhou pra mim... e ele me fez ver que não tava pronto, não podia ser finalizado daquele jeito. Acho que seria pouco pra ele. Ficou realmente legal; sozinho no papel não dava. Precisava de uma composição.
Logo, veio a idéia de colocá-lo em um abiente real. Ora, por que não?
Qualquer um que já assistiu "Uma cilada para Roger Rabbit" pensaria nisso! Talvez nem todos... Mas eu pensei!

Aí embaixo tá o trabalho finalizado:


.


Não sei de onde peguei essa foto. É da busca do Google, de um daqueles eventos que os americanos fazem todo fim de semana como pretexto pra comer hot-dogs e se envenenar com metanol.
Comentários serão bem-vindos.
Críticas não.
Brincadeirinhaa

Beijos e abraços.

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

2 comentários: